Erro
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 42
Menu
Costa quer Bancos a pagar dívidas da banca

Costa quer Bancos a pagar dívidas d…

A Caixa Geral de Depósito...

Dívida dos hospitais aumenta

Dívida dos hospitais aumenta

Pagamentos em atraso atin...

Nova penhora a mansão de luxo de Pinto da Costa

Nova penhora a mansão de luxo de Pi…

Casa é atualmente ocupada...

Dívida 30 milhões das prisões:  Ministra sem “nenhuma evidência de fome nas prisões"

Dívida 30 milhões das prisões: Min…

A ministra da Justiça gar...

O outro lado do plano PERES

O outro lado do plano PERES

A decisão de adesão [ao P...

Contribuintes detectam falhas no plano de pagamento de dívidas fiscais

Contribuintes detectam falhas no pl…

Sindicato diz que as “inc...

Avisos do fisco podem usar ‘perdão fiscal’

Avisos do fisco podem usar ‘perdão …

Empresas analisam impacto...

Fisco acelera notificações de cobrança de dívidas fiscais de 2012

Fisco acelera notificações de cobra…

A Autoridade Tributária e...

A dívida da Câmara de Lisboa foi paga pelo Governo?

A dívida da Câmara de Lisboa foi pa…

Segundo Passos, Costa só ...

“Perdões” fiscais deram 3000 milhões ao Estado em 12 anos

“Perdões” fiscais deram 3000 milhõe…

São a “derradeira oportun...

Prev Next

On Screen Feedburner Popup by Infofru

Receive all updates via Feedburner. Just subscribe below.

Subscribe to Receive Free Email Updates:

Author Site:Reviewresults

Close

Farmácias hospitalares encerram por causa de dívidas

 The American Institute of Architects (AIA) announced that, on the heels of a nearly three-point increase The American Institute of Architects (AIA) announced that, on the heels of a nearly three-point increase

As seis farmácias hospitalares do País enfrentam processos de cobrança de dívida que deverão levar ao fecho destes estabelecimentos. Em causa, segundo o Diário de Notícias, estão dívidas de 16 milhões de euros aos hospitais onde se instalaram, nomeadamente no que diz respeito ao pagamento de rendas.

 

O total de dívidas de 16 milhões de euros acumulado pelas seis farmácias hospitalares que existem em Portugal pode levar ao encerramento das mesmas, avança o Diário de Notícias. 

A criação de farmácias em hospitais foi uma medida do anterior Governo e era um negócio que na altura prometia lucros de milhões. As farmácias em causa foram instaladas no Hospital de Penafiel, de São João, de Leiria, no Centro Hospitalar de Coimbra, no Hospital de Santa Maria e no Hospital de Faro. 

Os administradores hospitalares contactados pelo Diário De Notícias adiantarem que pretendem aproveitar o espaço actualmente ocupado por estas farmácias para servir os utentes com outros serviços.

Pedro Nunes, administrador do Hospital de Faro refere que só em rendas fixas a farmácia deve 517 mil euros. Montante que "nunca foi pago nem os 26% da facturação" e por isso pedriam "uma acção de despejo", acrescenta.

O presidente do Conselho de Administração do Centro Hospital de Lisboa adianta ainda que quer retomar o espaço da farmácia e utilizá-lo como serviço público:"Podemos abrir concurso ou usar o espaço para os serviços farmacêuticos. Temos 300 pessoas que vêm diariamente buscar medicamentos e esta é uma área agradável". 

 

 

 

 

Deixe comentário

Confirme que introduziu (*) informação requerida cfr assinalado. Código HTML code não é permitido.


Anti-spam: complete the taskJoomla CAPTCHA
Regressar ao topo